O Estado acoberta a prática de torturas?

Postado: 31-08-2012
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading ... Loading ...

Tortura, sempre!

Por Wellington Farias
É impressionante como o Estado dificulta tudo para que não se apure nada sobre torturas de presos.

Todo governante se posiciona verbalmente contra, mas nos seus atos não move uma palha para combater a deplorável pática de tortura.

Desde que existe presídio, sabe-se que a tortura é rotineira nos porões das prisões; que nos porões dos presídios são frequentes as sessões de espancamentos, às vezes até a morte. Tudo sob a proteção de um Estado que, cada vez mais, não nos garante a integridade física, nem aos apenados sob sua custódia.

Na Paraíba, as denúncias de tortura contra presos são constantes e partem de vários segmentos da sociedade organizada, ou não. O presídio PB-1 é o mais citado e denunciado pela prática de tortura. Fala-se de um chapão – uma espécie de chapa de metál de grossa espessura num compartimento imundo – onde os presidiários são colocados e ali o pau canta na Casa de Noca…

Esta semana, mais uma vez integrantes do Centro de Defesa dos Direitos Humanos da Paraíba, do qual fazem parte representantes do Ministério Público Federal e até da Secretaria de Segurança Pública foram presos sob a acusação “gravíssima” de haver repassado uma máquina fotográfica para os presos. Teria sido, segundo membros do CDDH, para que os presos fotografassem parte do compartimento onde ficam, ao qual as pessoas que faziam inspeção sobre denuncia de tortura não poderiam entrar. Só isso.

Ai vem a perguntinha chata: por que num ambiente com vigilância tão rigorosa detecta-se tão rapidamente que uma máquina fotográfica está sendo repassada a um preso, mas não se detecta a entrada de drogas, de ferramentas para a construção de túneis de fuga, de celulares, baterias para carregar celular? E como esses celulares são carregados se ali não pode haver tomadas?

Na verdade, a tortura em presídios é uma realidade aqui e em várias outras regiões do País. E o estado é totalmente conivente com a sua prática, na medida em que sabe de tudo e não toma providência.

A tortura só preocupou os poderosos da sociedade brasileira na época da ditadura, por um simples detalhes: naquela época gemiam nos paus-de-arara dos porões da ditadura gente importante: cantores, compositores, escritores, intelectuais em geral, todos com algum vínculo com pessoas importantes, afora a sua própria importancia.

Hoje, não. Hoje estão nos presídios bandidos de toda qualidade, assassinos, estelionatários, estupradores, mas quase todos de origem modesta e sem dinheiro. A não ser, é claro, alguns tubarões do narcotráfico, mas nestes ninguem toca. Pelo contrário, casam com cerimonia pomposa e sob a proteção da Polícia Federal, como o tal Fernandinho Beira mar.

 

Seria o voto uma farsa?

Postado: 31-08-2012
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading ... Loading ...

Foto: uma farsa?

A farsa do voto
Por Afonso Caramano
(*)

A carência está para a promessa assim como a política está para a farsa, no que aquela traz de teatral em proximidade com o característico gênero burlesco – basta uma olhadela no horário eleitoral gratuito para entender o porquê. Tende, portanto, ao simulacro, com a criação de uma imagem claramente forjada pelas técnicas e artifícios do marketing político, na representação da personagem/candidato. Mas, ao contrário da farsa propriamente dita, cujo objetivo não seria mais do que arrancar gargalhadas ao público, dessa encenação política baixo cômica não somos nós, cidadãos/eleitores, a rir por último.

O palco já está armado para o espetáculo das eleições municipais – e até outubro os atores podem se pavonear histrionicamente pela conquista das honrarias do voto, no corpo-a-corpo e na decisiva arena midiática, com os referidos aparatos dos marqueteiros de plantão e a complacência e o pendor de alguns meios de comunicação – nesse camarim, quem pode mais, melhor se maquia.

Evidente que nem tudo é burla. Todavia há sempre o risco de se restringir o exercício democrático ao ato do escrutínio, e não à efetiva participação social, de consciência e respeito aos princípios de cidadania, estes, sim, requisitos para a legitimidade dos poderes e independência democrática, com a consequente qualidade dos serviços públicos, bem como planejamento e transparência administrativa.

Há quem goste dos falastrões

Na esteira disso, o que está em jogo é mais do que uma disputa pontual (quando não pessoal), permeada de presunção e fatuidade, tão comum a esse “artístico” meio – daí, as promessas servirem de cabedal àqueles que fazem das carências a plataforma de governo, sempre a reboque delas, em soluções improvisadas e a conta-gotas, na falta de prioridades ou de planejamento, movidos mais por interesses privados ou particulares, perpetuando novas promessas para eternas carências, num contínuo ciclo vicioso. Isso não é novo, vem no lastro de uma mentalidade arcaica e patrimonialista, porém travestida nas roupagens da publicidade e na terceirização das responsabilidades, como se a festa das licitações de toda ordem pudessem resolver todos os problemas.

A cada um, a sua medida – embora a graduação dessa régua seja exata, o uso parece variável – mas cabem a todos as consequências das atuais decisões. Por isso, a importância de se antecipar e prever, de planejar o desenvolvimento das cidades, das políticas locais, da articulação com os governos estadual e federal (e por que não, com o dos municípios vizinhos?).

Há pouco, a ONU divulgou o relatório “Estado das cidades da América Latina e do Caribe 2012”, sobre o crescimento populacional e a concentração dos habitantes nas áreas urbanizadas, bem como as projeções e consequências disso, com a expansão desordenada, a segmentação social e física, o déficit e precariedade das habitações e dos serviços públicos etc. O candidato (seja a vereador ou a prefeito) e o partido que não tenham ideia nem uma proposta de trabalho considerando esses fatores, além da gestão econômica e dos serviços sociais do município, da questão ambiental, educacional, da segurança e dos valores culturais, corre o risco de não passar de truão nesse palco eleitoral, embora sempre haja quem se encante e goste dos falastrões.

Verdadeira cidadania

Os meios de comunicação também devem (e podem) desempenhar papel relevante nesta campanha, primando pela clareza e objetividade em sua cobertura, não apenas na esteira mambembe dos fatos, mas na análise das propostas e discussões, observando as falácias dos discursos, para se obter o desenho mais fidedigno possível dos proponentes aos cargos públicos – esse o sentido de prestação de serviço público que a imprensa, por exemplo, pode ofertar.

A plateia – composta de cidadãos/eleitores – não deve se limitar à assistência passiva, tem mais que a premissa do voto, ainda que considerável parcela se iluda com o tom farsesco e tantas promessas para desmedida carestia. Tem a possibilidade e a capacidade de refletir e exercer a verdadeira cidadania. Afinal, todos têm o direito de rir a contento.

(*) Afonso Caramano é funcionário público municipal, Jaú, SP.

(**) Transcrito do Observatório da Imprensa – http://observatoriodaimprensa.com.br

Você tem certeza de que sabe o tamanho do trilhão?!

Postado: 30-08-2012
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading ... Loading ...

Cálculos

Por Antonio Pinto Vaz (*)
Há coisas na vida em que as palavras representam muito pouco o que elas são na realidade. Voce já ouviu, por exemplo, falar em UM TRILHÃO de unidades, porém já analisou o verdadeiro tamanho do que representa esse número?

Então vejamos:
Saiba voce que em um único dia existem 56.400 segundos, no entanto já imaginou em qu

e ano a contagem dos tempos atingirá UM TRILHÃO DE SEGUNDOS, partindo-se do ano zero? À uma hora, 46 minutos e quarenta segundos do dia 1º de fevereiro do ano 31.689 é que nós teremos atingido a incrível marca de UM TRILHÃO DE SEGUNDO. Porque:

1 minuto = 60 segundos
1 hora = 60×60 segundos = 3.600 segundos
1 dia = 24 x 3.600 segundos = 86.400 segundos
1 mês de 31 dias = 31 x 86.400 segundos = 2.678.400 segundos
1 mês de 30 dias = 30 x 86.400 segundos = 2.592.000 segundos
1 ano normal (365 dias) = 365 x 86.400 segundos = 31.536.000 segundos
1 ano bissexto(366 dias) = 366 x 86.400 segundos = 31.622.400 segundos

Então:

Ano 31.688 = 23.766 anos normais (365 dias)
+7.922 anos bissextos (366 dias)

31.688 anos = 23.766 x 31.536.000 = 749.484.576.000 segundos
+ 7.922 x 31.622.400 = 250.512.652.800 segundos
Total ……………………………. = 999.997.228.800 segundos

31.688 anos = 999.997.228.800 segundos
1 mês de 31 dias = 2.678.400 segundos
1 dia de fevereiro = 86.400 segundos
1 hora = 3.600 segundos
46 minutos = 2.760 segundos
40 segundos = 40 segundos
TOTAL = 1.000.000.000.000 segundos

(*) Publicado originalmente sob o título “O Tamanho do Trilhão”

Membros do Conselho de Direitos Humanos são presos arbitrariamente no PB-1

Postado: 29-08-2012
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading ... Loading ...

Os integrantes do Conselho Estadual de Direitos Humanos na Paraíba (CEDH-PB) Padre Bosco (presidente) e Guiany Campos, da Pastoral Carcerária, Nazaré Zenaide, do CDH da UFPB, a ouvidora da Secretaria de Segurança Valdênia Paulino e Lídia Nóbrega, da Defensoria Pública da União, foram presos arbitrariamente por mais de três horas na noite desta terça-feira (28) quando realizavam uma inspeção para apurar denúncias de tortura no presídio PB-1, em João Pessoa.

Os integrantes do Conselho foram detidos sob o argumento de que estavam tirando fotos de presos. O CEDH-PB sempre faz suas vistorias com máquina fotográfica, a fim de registrar o estado dos detentos. As fotos são publicadas, com descaracterização quando necessário, nos relatórios do Conselho, divulgados na internet.

Segundo informações repassadas pelo procurador da República Duciran Farena, representante do Ministério Público Federal no CEDH-PB, a ordem de prisão ilegal teria sido dada pelo diretor do presídio, Sérgio, por telefone (ele estaria em férias). Em contato telefônico com o capitão Juliemerson, que esteve no local para cumprir a prisão, o procurador, avisado pelo celular de um dos conselheiros, pode constatar o absurdo da prisão. “No primeiro contato, o capitão disse que estavam presos por tirarem fotos não autorizadas. Quando informei que tirar fotos é prerrogativa do Conselho, o capitão respondeu que a ordem de prisão não era de responsabilidade dele. Logo em seguida, passou a dizer que não havia ordem de prisão nenhuma. Mas não deixava ninguém sair”, relatou o procurador.

 

Com a chegada do promotor de Justiça Marinho Mendes, os conselheiros foram liberados, quase três horas depois de sua detenção. Não foi formalizada nenhuma acusação de crime contra nenhum conselheiro.

Para o procurador Duciran Farena, além da ocorrência de crime de constrangimento ilegal, o episódio demonstra que os órgãos de controle social não têm liberdade alguma na Paraíba, estando à mercê dos abusos das autoridades que buscam impedir as ações de fiscalização. “Como o governo estadual pretende por em funcionamento o Comitê de Prevenção e Combate à Tortura, se não assegura sequer aos órgãos existentes, como o CEDH-PB, a possibilidade de investigar denúncias de tortura?” questiona o procurador.

Transcrito do portal da Procuradoria da Republica na Paraiba

Cássio e Vitalzinho trocam elogios no Senado

Postado: 28-08-2012
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading ... Loading ...

Tuitadas de Cássio e Vital

Os senadores Cássio Cunha Lima (PSDB) e Vital do Rego filho trocaram elogios hoje no Senado e no twitter. Na mídia social, Vitalzinho postou a mensagem:  “No plenário do Senado, apoio unânime à Emenda de minha autoria. Do meu estado, agradeço os elogios e a manifestação do senador @cassiocl“.

Imediatamente após, o senador Cásso respondeu: “Elogios justos e merecidos”

Tatiana promete esforços para gerar mais oportunidades de trabalho e renda

Postado: 28-08-2012
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading ... Loading ...

O guia eleitoral de Tatiana Medeiros exibido nas emissoras de TV no início da tarde desta segunda-feira, 27, citou a matéria veiculada pelo Jornal da Paraíba neste final de semana que informa, com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho, que Campina Grande lidera no Estado o número de empregos gerados no setor de serviços: 2.800 vagas com carteira assinada somente neste ano, um aumento de 200% em relação ao mesmo período do ano passado. “Veneziano deu o norte para Campina e a nossa cidade já está colhendo os frutos do desenvolvimento e eu garanto que vou dedicar todos os esforços para gerar mais oportunidades de trabalho e renda para os campinenses e fazer de Campina uma cidade cada vez mais forte”, disse Tatiana.

O prefeito Veneziano, principal responsável por este crescimento, também falou sobre os números do Caged e os descreveu como “fruto de muito trabalho”, que começou em 2005, quando ajustou as contas do município e preparou a cidade para receber grandes investimentos. “O crescimento econômico de Campina nos últimos sete anos tem atraído cada vez mais empreendimentos como é o exemplo da AeC, importante empresa de telemarketing que já ajudou a criar mais de 2 mil novas vagas, principalmente de primeiro emprego”, disse Veneziano. Tatiana, prosseguiu o prefeito, vai continuar investindo em obras e ações que gerarão mais emprego e distribuição de renda para Campina.

Ainda no guia Tatiana disse que a “nossa cidade passou muito tempo parada, mas nos últimos oito anos Campina descobriu o valor de uma importante palavra: mudança” e também falou do orgulho de ter ajudado a construir a UPA de Campina, a primeira de porte 3 da Paraíba, que hoje atende uma média de 450 atendimentos por dia em diversas especialidades. Uma das propostas do plano de governo de Tatiana é implantar mais duas UPAs e transformar o Hospital Municipal, que hoje atende a crianças e adolescentes, em um Hospital Geral com residência médica. “Pra saúde seguir em frente”, disse Tatiana.

 

Tatiana propõe fortalecimento de comércio e serviços nos bairros para contribuir com mobilidade urbana

 

Para facilitar o tráfego nas ruas centrais da cidade e contribuir para a mobilidade urbana, um problema enfrentado por cidades de médio e grande portes, Tatiana Medeiros pretende incentivar o fortalecimento do comércio e serviços nos bairros da cidade, desafogando o trânsito no centro da cidade. Estas e outras propostas a candidata da coligação “Campina segue em frente” apresentou durante entrevista concedida no final da manhã desta segunda-feira, 27, no programa Opinião, da TV Borborema. Ainda sobre mobilidade urbana, Tatiana disse que dará continuidade à construção do Centro Administrativo, que será iniciada ainda na gestão do prefeito Veneziano Vital, e fortalecerá o comércio e serviços também nos distritos do município.

 

No primeiro bloco do programa, apresentado por Bastos Farias e Jaqueline Felipe e com a participação de Carlos Alberto, Tatiana Medeiros fez a sua apresentação, falando do seu trabalho há 20 anos como médica, atendendo e cuidando das pessoas em momento de vulnerabilidade, que é a doença. Em seguida, passou a responder às perguntas feitas pelos apresentadores, inicialmente sobre comércio informal,quando Tatiana falou sobre o bom momento econômico vivido pela cidade, resultado das boas políticas públicas implantadas e citou o fato da cidade ter sido em 2012 a que mais gerou empregos formais no Estado.

 

Dando continuidade ao primeiro bloco da entrevista, Tatiana respondeu ainda a perguntas sobre Esporte e lazer, quando citou as propostas que tem de implantar duas vilas olímpicas nas zonas norte sul da cidade, semelhante à que já existe no bairro de José Pinheiro e à que está sendo construída nas Malvinas, contemplando assim quatro áreas da cidade com um importante equipamento de incentivo à prática de atividades esportivas. Ela também falou sobre as suas propostas para as áreas de Cidadania e ação social e os Distritos.

 

No segundo bloco, Tatiana respondeu a perguntas feitas por três telespectadores sobre os temas Emprego e renda, quando garantiu que incentivará a geração do primeiro emprego para os jovens e também vagas para as pessoas com mais de 40 anos, que enfrentam dificuldades para ingressar ou retornar ao mercado de trabalho, Mobilidade urbana e Saúde, além dos temas Corrupção e Habitação, que tinham sido sorteador previamente.

 

No terceiro bloco, Tatiana também respondeu, conforme as regras da entrevista, a três perguntas feitas por outro candidato, Romero Rodrigues, sobre Infraestrutura, Ciência e Tecnologia e Educação. Encerrando a entrevista, a candidata ainda falou sobre Agricultura e Cultura e em seguida, nas considerações finais, aproveitou a oportunidade para agradecer à emissora pela oportunidade para que Campina conheça não só as suas propostas, mas também a sua essência para que faça as escolhas certas.

 

Montagem põe Estelizabel no palco do Idolos

Postado: 28-08-2012
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading ... Loading ...

Um vídeo postado no youtube ironiza o potencial de “cantora” da candidata do PSB à Prefeitura de João Pessoa. Muigo engraçado, confira:

 

Assista ao Moído do Dia apresentado por Wellington Farias na TV Correio

Postado: 28-08-2012
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading ... Loading ...

Sobre a troca de insultos entre Tião e Mikika Leitão

Postado: 28-08-2012
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading ... Loading ...

Por Wellington Farias
O Conselho de Ética da Assembléia Legislativa da Paraíba deve uma satisfação à sociedade. Dois deputados, representante e pagos pelo povo, passaram a trocar acusações graves em público: Mikika Leitão e Tião Gomes, ambos do PSL.

Mikika Leitão, num arroubo de valentia, atacou verbalmente o colega Tião, chamando-o, literalmente, de “covarde” e “bandido”.  Coisa fora de proposito. Afinal, Tião Gomes apenas disse que o presidente da Assembléia Legislativa da Paraíba não cortaria o ponto dos deputados faltosos. E tem lá suas razões: até hoje, nenhum presidente do Poder Legislativo ouvou fazê-lo.

Pelo rumo que esse desentendimento está tomando, é bom o presidente da Casa de Epitácio Pessoa intervir o quanto antes. Afinal, no cenário estão duas pessoas de temperamento forte, não acostumada a levar desaforos pra casa. Detalhe: convém lembrar que  o ilustrissimo deputado Mikika Leitão já desfilou triunfalmente pelo banco dos réus, na Justiça da Paraíba.

Mulher que fez tatuagem anal quer escrever um livro

Postado: 28-08-2012
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading ... Loading ...

Maria Louise Del Rosario, a jovem de 22 anos que se tornou famosa mundialmente ao revelar em vídeo uma tatuagem no ânus, concedeu sua primeira entrevista desde que o vídeo (assista) em que aparece virou hit na internet, com mais de 3 milhões de acessos. Ela falou sobre sua vida ao site do jornal “New Times”, da Flórida e revelou que pretende escrever um livro (leia a entrevista, em inglês).

A jovem revelou que sofreu abuso do seu pai quando era muito nova, e que depois chegou a ser presa sob suspeita de furto, mas que superou tudo. “Eu tenho talento. Quero escrever um livro. Fui ao inferno e voltei, e minha história vai estourar no mundo inteiro”, disse, alegando que pensa em se tornar modelo.

Del Rosario contou que chorou muito após o vídeo em que aparece se tornar viral na internet. “mas quando acordei no outro dia e meio milhão de pessoas tinham assistido, eu sorri. Não vou parar até atingir o topo”, disse. Ela completou ainda que está adorando a fama, e que já está “curada” no local onde fez a famosa tatuagem.

A tatuagem anal chamou a atenção dos visitantes da 17ª edição da South Florida Tatoo Expo, evento que reúne anualmente, além de tatuadores, atrações musicais, carros, shows exóticos. Uma das participantes do evento contou ao site “New Times”, de Palm Beach, já ter tatuado o nome de dois ex-namorados no ânus e garantiu que tatuar o local é “muito, muito bom”.

Transcrito do Planeta Bizarro