Imprensa em xeque: uma autocrítica…

Postado: 27-06-2013
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading ... Loading ...
Esta imagem, uma entre centenas espalhadas por ai, reflete a visão da sociedade sobre a imprensa, atualmente

Esta imagem, uma entre centenas espalhadas por ai, reflete a visão da sociedade sobre a imprensa, atualmente

Por Wellington Farias – A imprensa é imprescindível para qualquer sociedade. Especialmente para a manutenção e aperfeiçoamento da democracia.
Até a chamada imprensa marrom  tem alguma utilidade (apesar de todas as críticas merecidas) na medida em que ela traz alguns fatos à luz. Mas tem horas que a imprensa deixa  de cumprir o seu verdadeiro de informar e tornar a sociedade transparente, para atender apenas a alguns senhores, e não aos seus consumidores de informação. E é isto que estamos vendo no momento atual.
É grave, por sinal. Porque a imprensa pequena, média e grande, está sendo desmoralizada pelas mídias sociais. O que você não ouve no rádio, não lê nos jornais e revistas, nem assiste pela televisão, você constata nas mídias sociais.
Enquanto a imprensa escamoteia fatos e presta serviços à uma elite que se beneficia da desgraça da maioria, esta mesma imprensa perde força, perde credibilidade.
A imprensa não leva mais o povo às ruas. Este papel agora é das mídias sociais, que passam a expressar bem melhor o sentimento do povo. Hoje, a imprensa tenta desqualificar as iniciativas populares e termina ficando desmoralizada. Vários jornalistas de projeção nacional tiveram que se desculpar pelas criticas que fizeram às manifestações de rua. Arnaldo Jabor é um deles. Depois da critica fora de propósito, viu que ficou mal na vida e não teve outra… o  pedido de desculpa. Outros veículos também pisaram na bola.
Esta é uma autocrítica necessária. Temos que refletir sobre esta grave situação, sob  pena de a imprensa convencional, aqui e alhures, se tornar totalmente dispensável, para  não dizer nociva à sociedade.

Claro que ninguém está obrigado a concordar comigo. Mas, aos que discordam, de antemão pergunto: por que nós, jornalistas, passamos a correr riscos de agressão popular quando vamos cobrir qualquer evento público marcado pela indignação do povo com a situação do pais? E mais: os jornalistas não estão sendo alvo dos vândalos;  estão sendo alvos dos manifestantes.Por que? Porque, apesar de eles não terem culpa, mas eles representam ali os veículos para os quais trabalham, que abdicaram de defender temas do interesse da sociedade.

Já passou da hora  de a imprensa parar, refletir e repensar o seu papel, sobretudo na sociedade de um novo Brasil que está se configurando desde a semana passada, a partir das manifestações de rua.

A imprensa, preocupada com outros assuntos, não percebeu a ansiedade do povo brasileiro por mudanças. Coube as ídias sociais não só detectar este fato, como mobilizar o povo, despertar o gigante adormecido chamado Brasil. É grave…

Teremos outro Brasil, e tudo deve mudar. Por que só a imprensa não mudará?

E ai, Cássio, Maranhão e Ricardo, vocês apoiam a reforma política?! Sei…

Postado: 26-06-2013
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 2,00 out of 5)
Loading ... Loading ...
O Brasil na rota das mudanças

O Brasil na rota das mudanças

Por Wellington Farias – Nossos políticos – do Brasil e da Paraíba -, em sua quase totalidade, não querem nem pensar em reforma política. Todos estão se dando muito bem neste modelo de País esculhambado, desorganizado, analfabeto, despolitizado e até a semana passada deitado e roncando em berço esplêndido.

Quase todos estão a serviço de seus projetos pessoais e familiares ou de grandes grupos empresariais. Mais de 80% do Congresso Nacional representa o empresariado, outros representam segmentos isolados e representantes das causas populares quase não existe.

Forçada pela pressão das ruas, a presidente Dilma deu uma resposta à altura e propôs o que a sociedade brasileira aspira há anos: dentre os pontos principais de suas propostas, a reforma política; grandes investimentos na educação; combate ostensivo à corrupção, cujos crimes passariam a ser hediondos.

Notem que poucos dos nossos políticos, pouquíssimos mesmo, se entusiasmam pelas propostas. Quase ninguém gostou. Alguém ouviu alguma declaração do governador Ricardo Coutinho realmente entusiasmado com as propostas da presidente Dilma? Não. Só um “concordo” muito tímido e, aqui e acolá, com um PORÉM no meio. Cássio Cunha Lima disse o que das propostas? Cícero Lucena? José Maranhão etc etc? Esta semana, vozes de lacaios do palácio se manifestaram nas mídias sociais detonando Dilma, chamando-a de oportunista e algo tipo demagoga. Assessor do Governo da Paraíba que, pela função que exerce, não daria tais declarações se não tivesse o aval do chefe.

O senador Cássio Cunha Lima, esperto como sempre foi, tenta enganar o povo com uma virada radical no seu discurso e a sua última declaração é uma gargalhada estadual. Acreditem, mas Cássio disse, com todas as letras: ““A população não suporta mais Estado perdulário, inchado, incapaz e incompetente”. Cunha Lima agora, tentando surfar na onda das mudanças, prega tudo aquilo que ele não foi quando esteve no Governo da Paraíba por dois mandatos. Quem gastou mais que o governo de Cássio? Quem mais inchou a máquina pública com comissionados que o governo Cássio? Quem mais se fez incompetente no governo, a ponto de os funcionários terem de pedir dinheiro emprestado aos bancos para retem o seu 13º?  Precisamos estar de olhos abertos pra esse povo…

A proposta de reforma política vai mudar muita coisa e alterará radicalmente (mais que isso, enterrará) os projetos políticos pessoais. Quem é dono de partido hoje, como são o governador Ricardo Coutinho, Cássio Cunha Lima e José Maranhão, deixarão de sê-lo após a reforma política. A compra de votos, que financia as campanhas vitoriosas dessas tropa quase toda poderá acabar. Lideranças políticas do Brasil de hoje, esculhambado, com certeza não serão líderes no novo Brasil que se espera.

Observem, a partir de agora: quem, de fato, se manifesta por qualquer proposta de mudança?

Por que precisamos de uma reforma política urgente?

Postado: 26-06-2013
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading ... Loading ...
O povo está nas ruas e quer reforma política

O povo está nas ruas e quer reforma política

Assista a este vídeo e entenda porque a reforma política no Brasil é fundamental. Saiba porque os nossos parlamentares de fato não nos representam. Veja:

https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=hYa80eEZj2Q

Dilma dá um nó no bico dos tucanos. E agora?!!

Postado: 25-06-2013
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading ... Loading ...
Dilma dá um nó molhado na tucanada

Dilma dá um nó molhado na tucanada

Por Wellington Farias – A presidente Dilma deu um nó molhado na tucanada, com as suas cinco propostas para atender às aspirações emanadas da rua. Foi uma jogada de mestre. Um xeque-mate e tanto.

Pouco antes das manifestações de rua (contra a situação geral do Brasil, especialmente contra a corrupção), os tucanos estavam empenhados em tentar desmoralizar o Governo Dilma. Era uma ação articulada de norte a sul. Aqui na Paraíba, pasmem, os senadores Cássio Cunha Lima e Cícero Lucena, ambos tucanos, passaram até a dizer (pasmem!) que algumas ações de Dilma nada mais eram do que idéias suas, submetida ao crivo do Senado, mas que foram engabetadas.

Logo quem: Cássio Cunha Lima, que foi catapultado da vida pública, com uma cassação de mandato de governador, por irregularidade na gestão pública; e Cícero foi preso pela Polícia Federal acusado de participar da famosa Confraria. É cara de pau com força!…

Pois bem. Agora vem dona Dilma e propõe tudo o que o Brasil mais quer e os políticos nunca quiseram: uma reforma política para moralizar o país, politicamente.

Imediatamente após a fala de  Dilma, durante reunião com os governadores e prefeitos de capitais, o senador Aécio Neves veio propor CPI dos Estádios. Ora, o mineiro ainda não percebeu o novo momento politico brasileiro; não sacou, ainda, quais são as razões que estão levando milhões de pessoas às ruas. A CPI pode até ser necessária (apesar de desgastadissima), mas não atende em nada aos anseios dos brasileiros.

A propósito, Aécio Neves é aquele tucanaço que foi flagrado e mostrado em rede de televisão com total sinal de embriaguez, e que se recusou a fazer o exame do bafômetro?

Pense num cara de pau!!

Dilminha, mais mineira que Aécio, deu foi um nó no bico dos tucanos kkk

PS: só está contra a proposta de Dilma quem está se dando bem no Brasil da corrupção e da esculhambação!

Uma ótima ideia de Dilma, diz Gilberto Dimenstein

Postado: 25-06-2013
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading ... Loading ...
Dilma põe a classe política em xeque: sugere reforma política

Dilma põe a classe política em xeque: sugere reforma política

Por Gilberto Dimenstein – Todas essas manifestações já terão valido a pena se significarem apenas a aprovação da canalização para a educação de 100% dos royalties do petróleo extraídos do pré-sal.

É uma medida que tramita no Congresso, sofrendo fortes reações de prefeitos, muitos deles certamente interessados em aumentar sua folha de pagamentos ou realizar gastos eleitorais.

É a chance de o Brasil usar um recurso ruim (o combustível fóssil) para uma ótima causa: melhorar os cérebros.

Não sou dos que acham que apenas colocar dinheiro na educação resolve. Isso porque há sérios problemas de gestão, produzindo desperdícios.

Nem acho que apenas subir salários dos professores funcione. Salário bom com professor ruim é jogar dinheiro fora, Mas se os salários não forem atrativos, como atrair talentos?

Mas para o Brasil ser um país civilizado precisamos ter educação em tempo integral, com investimentos em atividades extracurriculares.

É necessário um investimento pesado na faixa etária do zero a três anos, quando se formam conexões cerebrais que influenciam o desempenho intelectual dos alunos.

É uma pauta complexa de investimento em capital humano, sem qual sempre seremos um país de cidadãos de segundo classe.

Drenar 100% do pré-sal para a educação é a melhor e mais ousada proposta social do país.

(*) Gilberto Dimenstein ganhou os principais prêmios destinados a jornalistas e escritores. Integra uma incubadora de projetos de Harvard (Advanced Leadership Initiative). Desenvolve o Catraca Livre, eleito o melhor blog de cidadania em língua portuguesa pela Deutsche Welle. É morador da Vila Madalena.

Transcrito da Folha Online

Império desmorona: Eike Batista pode perder controle da EBX, diz NYT

Postado: 25-06-2013
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading ... Loading ...
Eike Batista. Um império que desmorona

Eike Batista. Um império que desmorona

Uma reportagem do The New York Times sobre a ascensão e a queda de Eike Batista alerta para a possibilidade de o bilionário acabar perdendo o controle do seu “decrescente império” e destaca que seus credores estão cada vez mais aflitos. Segundo a publicação, com a queda no mercado de ações do Brasil e no valor do real em meio aos protestos que tomaram conta do País, os bilhões de Eike estão “evaporando”.

O NYT lembra que, em 2010, ano em que a economia brasileira cresceu 7,5%, o empresário disse ao jornalista norte-americano Charlie Rose que sua fortuna chegaria a 100 bilhões de dólares, o que o tornaria o homem mais rico do mundo. No entanto, após atingir o pico de US$ 34,5 bilhões em março de 2012, a fortuna de Eike agora é avaliada em US$ 4,8 bilhões.

Se as empresas de Eike Batista continuarem perdendo valor, analistas dizem que seus credores, que incluem alguns dos maiores bancos do Brasil, poderão forçar o empresário a fazer uma reestruturação, o que pode resultar na perda do controle das empresas.

A reportagem liga a queda de Eike à “reversão da sorte” do Brasil. “Após anos de expansão econômica, a nação sul-americana começou a engasgar. A inflação se tornou uma grande preocupação. O índice do mercado de ações recuou cerca de 23% este ano, mais do que em qualquer outro grande país”, diz o texto, lembrando ainda que a agência de classificação de risco Standard & Poor’s cortou recentemente sua perspectiva para o rating do País para negativa, citando fraco crescimento e o enfraquecimento das finanças.

O jornal destaca ainda que nenhuma das seis companhias de capital aberto do Grupo EBX é lucrativa e que os investidores vêm vendendo suas ações, decepcionados com as projeções ruins, o descumprimento de metas e o alto nível de dívida das empresas.

Leia também:
Eike avalia vender ações da MMX
Depois de se unir à Petrobras, BTG estrutura petroleira

Transcrito do Yahoo noticias

Ricardo Coutinho não dormirá hoje. Tem cão demais no inferno dele…

Postado: 10-06-2013
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 4,00 out of 5)
Loading ... Loading ...
Uma cena que tira Ricardo Coutinho do sério. Hoje ele não dorme...

Uma cena que tira Ricardo Coutinho do sério. Hoje ele não dorme…

Por Wellington Farias – Hoje será uma noite de tormenta, para o governador Ricardo Coutinho.

Há três perturbadores fantasmas que tiram o sono de Sua Excelência o governador: Veneziano Vital do Rego (PMDB), pré-cadidato à sua sucessão; o  ex-prefeito Luciano Agra (PEN), pelas suas pretensões políticas e a derrota avassaladora de 2010; e o não totalmente descartado rompimento político de Cássio Cunha Lima (PSDB) com o seu esquema político.

Em assim sendo, o governador da Paraíba, tem razões de sobra pra não dormir desta segunda-feira pra amanhecer a terça. Sobretudo se ele reservou um tiquinho do seu precioso tempo (ora, se reservou…) para ver a cena em que o seu principal adversário, Luciano Agra, filia-se ao PEN. Foi o maior evento protagonizado pela oposição, desde que Ricardo se tornou governador deste Estado, parta a sorte de alguns e a infelicidade de quase todos.

Ricardo não vai dormir, pode ter certeza. É demais para o fígado dele um evento da envergadura que foi a solenidade de filiação de Agra ao PEN, pondo numa mesma mesa o que promete ser um rolo compressor de oposição para enfrentar RC em 2014.

Não tem Ricardo Coutinho que aguente num amontado só, Luciano Agra, Nonato Bandeira, Veneziano Vital do Rego; o presidente da Assembléia Legislativa, Ricardo Marcelo; e, principalmente, a simbologia de todo esse povo unido para catapultar o governador da sua cadeira no Palácio da Redenção.

E tem mais: a lógica sugere, quem está com Agra não está com Ricardo. E o PSDB, o maior “aliado” de Ricardo Coutinho estava fazendo o que ali, na pessoa do deputado Ruy Carneiro e outras figuras tucanas? E, me contaram (não sei se é verdade) que Ruy Carneiro teria dito la que ali representava o senador Cássio Cunha Lima. Vish!…

Vital pede que TCU investigue se Emas perdeu carros-pipa porque prefeito não vota em RC

Postado: 10-06-2013
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading ... Loading ...
Vital pede que se investigue discriminação do Governo contra prefeito

Vital pede que se investigue discriminação do Governo contra prefeito que não vota em Ricardo

O Senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) enviou ofícios à Procuradoria Geral da República – PGR, à Controladoria Geral a União – CGU e ao Tribunal de Contas da União – TCU solicitando que os órgãos investiguem denúncia formulada na semana passada pelo Prefeito a cidade de Emas, Segundo Madruga, dando conta de que o Governo do Estado mandou suspender o atendimento de carros-pipa para a cidade porque o Prefeito não apoia a reeleição do Governador Ricardo Coutinho.

A denúncia foi feita pelo próprio prefeito, nas redes sociais, e também diretamente ao Gabinete do Senador Vital, a quem pediu providências para que a cidade não seja prejudicada. Vital, por sua vez, garantiu o atendimento de carros-pipa para a Emas, através de solicitação ao Comando do Exército, e denunciou o caso aos órgãos de controle.

Ao mesmo tempo, o Senador paraibano apresentou dois requerimentos no Senado Federal solicitando da Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle – CMA uma investigação sobre a denúncia e pedindo que a Comissão também solicite do TCU a investigação.

Vital diz que o comportamento do Governador “fere todos os princípios da Administração Pública e agride a cidadania”. Ele pede que as instituições investiguem a denúncia e tomem providências. Os ofícios foram endereçados ao Procurador-Geral da República, Roberto Monteiro Gurgel Santos; ao Ministro-chefe da Controladoria Geral a União, Jorge Hage Sobrinho e ao Presidente do TCU, Augusto Nardes.

“Na qualidade de Senador, representante do Estado da Paraíba, encaminho a Vossa Excelência, para s providências cabíveis, grave denúncia encaminhada a nosso Gabinete por Segundo Madruga, Prefeito Municipal de Emas, envolvendo a destinação de recursos da União, que deveriam ser repassados pelo Governo do Estado aos municípios”, diz trecho do ofício enviado aos órgãos de controle.

“Tendo em vista a preocupante situação da seca em nosso Estado, o Prefeito procurou o Governador para solicitar a ampliação de três para cinco carros pipa a serem fornecidos ao Município, como forma de amenizar o problema. Entretanto, conforme relata Madruga, o Governador não apenas condicionou a ajuda à adesão do Prefeito ao seu projeto político, como, com a recusa do Prefeito, cancelou os três carros pipa que já atendiam ao Município”, afirma o Senador em outro trecho.

Bailarina paraibana não vai para o Balé Bolshoi por falta de apoio. Imoral!

Postado: 05-06-2013
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading ... Loading ...
Tâmara Marinara, 16 anos. Pode não ir ao Bolshoi por falta de apoio

Tâmara Marinara, 16 anos. Pode não ir ao Bolshoi por falta de apoio

Por Wellington Farias - Isto não é mais um conto da Gata Borralheira. Por incrível que pareça, é um fato e acontece aqui mesmo, na Paraíba: Neste País há dinheiro pra tudo. Principalmente para a corrupção, é claro!… Governos cobrem rombos de bancos falidos. Aqui na terrinha, o Estado e municípios usam o dinheiro público para cobrir rombos de times de futebol, que são empresas como qualquer outra. Agora mesmo, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), está liberando uma nota para o Botafogo, o Auto Esporte e outros times.

Pois bem: enquanto isso, uma talentosa e promissora bailarina paraibana (Tâmara Marinara, 16 anos), depois de passar em todos os testes, está na iminência de não ir para o Balé Bolshoi. Motivo: falta de apoio. Onde está o governador Ricardo Coutinho que se mostrava ser um admirador e incentivador das Artes; que não perdia um evento cultural, antes de chegar ao poder? E os senadores, deputados federais, deputados estaduais e vereadores?

Bom, pra detalhar a conversa, transcrevemos abaixo este drama, que mostra (com todas as letras) o quando os nossos políticos, com honrosas exceções, são de fatos uns enrolões; gente se compromisso com a Paraíba que dá certo.

 

Vejam o texto abaixo, transcrito do BayeuxJá, detalhando o drama.  As fotos são do mesmo portal:

Qual adolescente que depois de ver um filme da Disney, não gostaria de se tornar uma grande bailarina profissional e estrelar nos palcos do mundo? Pois bem, esse sonho estava muito perto de ser realizado pela jovem Tâmara Marinara, 16 anos, moradora de Bayeux, aluna da Escola de Balé do Teatro Santa Roza; que dentre tantas meninas talentosa no país, conseguiu a proeza de ser admitida na Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, que funciona na cidade de Joinville – SC.

Só para ter ideia, o Teatro Bolshoi é uma das principais companhias de balé e ópera do mundo, considerado patrimônio cultural da humanidade pela ONU e UNESCO.

Antes de ser aceita no Bolshoi, Tâmara passou por uma bateria de testes. Primeiro, foi a pré-seleção, um teste gravado em vídeo no qual se pôde observar o talento e a aptidão para a dança. Em seguida, ela foi convocada a Joinvile, para os exames presenciais. Depois, o teste médico, que avaliou a saúde; o teste físico, que analisou a elasticidade, a capacidade e o desenvolvimento corporal; e, por fim, o teste artístico.

Para ter ainda a dimensão da seletiva, participaram desta audição 357 jovens, dos quais apenas 76 foram selecionados. Além de Tâmara outros alunos da Escola de Dança do Theatro Santa Roza que foram fazer a prova passaram. Fato inédito no Estado e motivo de orgulho para a professora Denilce.

Como na vida nem tudo são flores. Começaram aparecer os primeiros espinhos no caminho da jovem bailarina e modelo bayeuxense: conseguir bolsas para cursar a escola e pagar a estadia era um deles: “A gente luta muito, todos os dias, porque o Bolshoi é o sonho de qualquer bailarino. A simples espera pelo momento de começar já é algo bom. Foi uma vitória maravilhosa, e agora vamos batalhar por bolsas e apoios”, expressou uma das bailarinas da Paraíba selecionada em 2011.

Porém, o que era um sonho, começou se tornar um pesadelo. A jovem não tinha conseguido bolsa para o auto sustento e o único apoio era família que já vinha se sacrificando com as despesas de Tâmara ao longo de um ano. Por falta de incentivos e apoio financeiro, em 2012, a jovem não aguentou mais o sofrimento e desistiu de continuar na principal companhia de balé do país e uma das melhores do mundo.

A pergunta que não que calar. Neste país existe bolsa para quase tudo quando o assunto é reeleição política. Então, por que não aprovar e sancionar logo a BOLSA ARTE ou ARTISTA?

No entanto, a burocracia ainda é a grande inimiga para cidadania plena no país Tupiniquim. Já na tentativa de sanar o problema eminente, a Câmara analisa o Projeto de Lei 4281/12 (2012), do Senado, que institui a BOLSA-ARTISTA, destinada à formação e ao aprimoramento de artistas amadores e profissionais, das artes literárias, musicais, cênicas, visuais e audiovisuais. Pela proposta, a bolsa será concedida pelo prazo de um ano, em 12 parcelas mensais. O valor será definido em regulamento.

Para pleitear a bolsa, o artista deverá ter no mínimo 14 anos. Se menor de 18 anos, deverá estar matriculado em instituição de ensino pública ou privada, a não ser que já tenha concluído o ensino médio. O estudante também não poderá ser beneficiário de qualquer outro programa governamental de formação profissional na área.

Segundo a proposta, a Bolsa-Artista será concedida prioritariamente a artistas em processo de formação em suas respectivas áreas de atuação e será regida por princípios como valorização da diversidade de estilos, gêneros e linguagens artísticas, ênfase no pluralismo de ideias e preservação da diversidade cultural brasileira.

De autoria dos senadores Inácio Arruda (PCdoB-CE) e Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), o projeto estabelece ainda que a seleção dos artistas será feita anualmente, por comissão constituída por representantes do governo federal e de entidades vinculadas à comunidade artística, conforme regulamento. As despesas decorrentes da concessão da Bolsa-Artista correrão por conta de recursos orçamentários da União.

O projeto está em tramitação, em caráter conclusivo, a proposta será analisada pelas Comissões de Educação e Cultura; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Então, precisamos se mobilizar para Aprovação imediata desse projeto de Lei. Não podemos perder talentos como Tâmara, por falta de simples apoios ou incentivos financeiros, quando estamos diante de uma gigante arrecadação de impostos neste país. Também não seria querer demais se os Municípios e Estados copiassem essa Lei e se antecipassem à União, para mostrar o bom exemplo. Portanto, o Brasil não pode ser um assassino de sonhos no momento que precisamos gerar mais oportunidades.