Jampa Digital: na defesa de Ricardo, a emenda saiu pior que o soneto

24-07-2013
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votes, average: 3,67 out of 5)
Loading ... Loading ...
Reação de Ricardo desqualifica trabalho da PF

Reação de Ricardo desqualifica trabalho da PF

Por Wellington Farias - Eu sendo o governador Ricardo Coutinho não titubearia: demitiria, sumariamente, todos aqueles que lhe aconselharam tomar as atitudes que tomou para rebater as acusações envolvendo-o no escândalo do Jampa Digital, que tomou proporção nacional.

A estratégia de defesa surtiu efeito contrário. O chamado tiro pela culatra. Hoje, a imagem do Ricardo austero, sério – que já vinha sofrendo arranhões – desmoronou.

Ninguém acreditou em nada do que foi dito, até agora, em defesa do governador. Por que? Por causa da estratégia equivocada. Vejamos:

1) Se Ricardo não está mesmo indiciado e não tem nada a ver com o Escândalo Jampa Digital (o inquérito da Polícia Federal cita o nome dele), por quais cargas d’água se fez toda aquela defesa?

2) Alegou-se que a Globo (o escândalo foi detonado no Jornal Nacional) estaria agindo por influência dos adversários do governador. Alguém com o menor noção das coisas seria capaz de acreditar que o Jornal Nacional desce ao muro baixo (ou está preocupado) com a politicalha da Paraíba? Tenha dó!

3) Outra péssima ideia foi o governador, na pressa de limpar a sua barra, direta ou indiretamente tentar desqualificar o inquérito feito pela Polícia Federal. Gente, a PF é, hoje, uma das instituições de maior credibilidade no Brasil, ao lado do Ministério Público.

4) A orquestração em que se configurou a defesa do governador Ricardo Coutinho, por si só, tem um efeito contrário: ora, se orquestram pra convencer o povo é sinal de que ai tem coisa…

5) Os argumentos, as reações e os esperneios, são 0s mesmos aos de todos aqueles envolvidos em maracutaias. Quem acompanhou os desdobramentos dos fatos teve a sensação de que estava revendo o famoso Mensalão: todo mundo é inocente, todo mundo manda abrir conta bancária, ninguém sabe, ninguém viu; foi equivoco da polícia etc etc etc. No final, todos condenados pelo Supremo…

6) Aquela de Ricardo Coutinho no programa de Rádio Tabajara, com um jornalista levantando a bola o tempo todo para ele chutar… Gente, é muita falta de competência de quem tenta convencer o povo com aquele circo! Aquilo causa um tremendo efeito contrário. Além, claro, de uma gargalhada estadual.

7) Essa de governador encurralado pelos fatos tentar se safar das acusações processando jornalistas para imtimidá-los e acusando imprensa, é um filme bastante conhecido na Paraíba. Não cola…

8) O que Ricardo deve fazer é o seguinte: apostar em que o inquérito da Polícia Federal é coisa séria e deve ir até o fim; e dizer que ao final de tudo apurado, irá provar que é totalmente inocente. Se em vez disso tentar desqualificar a peça, só deixa claro que está envolvido até o gogó.

9) Em tempo: a Polícia Federal que hoje o governador desqualifica (direta ou indiretamente) é a mesma em que ele acreditava quando foi para prender Cicero Lucena…

Compartilhe:

  • Stumble upon
  • twitter