O Botafogo, o título e a traição

05-11-2013
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading ... Loading ...
Teria começado por ai a traição a Cartaxo?

Teria começado por ai a traição a Cartaxo?

Por Wellington Farias – A festa para comemoração do título de Campeão da Série D do Campeonato Nacional, pelo Botafogo-PB, foi enlameada por um episódio extremamente desagradável: aquela lambança em que chamaram o governador Ricardo Coutinho (PSB) para fazer a entrega da traça e das medalhas ao elenco vitorioso.

Lamentável a politização de uma festa que poderia ser muito bonita. Mas houve essa politização, com a notória conivência da Diretoria do Time e um papelão dos piores interpretado pelo presidente do clube, Nelson Lira, segundo está na boca de torcedores, jornalistas e de quem eventualmente esteve no estádio para presenciar o feito histórico do futebol paraibano.

O primeiro erro foi chamar políticos para entregar a taça. Por que políticos? Pra que autoridades? Não precisava.

Agora, já que iam chamar político e autoridade, que chamassem o governador Ricardo Coutinho, claro, mas também o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT). Primeiro porque ele é a maior autoridade do município. Segundo porque a Prefeitura de João Pessoa é o que eles chamam de patrocinador master do Botafogo.

E todo mundo que mora na Paraíba sabe muito bem que, não fosse o apoio ostensivo da Prefeitura de João Pessoa, o Botafogo jamais teria chegado à metade dessa caminhada.

E vejam que maravilhosa coincidência: horas antes da partida assistida por cerca de 30 mil pessoas, representantes da Federação Paraibana de Futebol, da Fifa e a Diretoria do Botafogo haviam se reunido (xiiiiiiiii) na Granja Santana, com Sua Excelência o governador Ricardo Vieira Coutinho. Oras após, veio aquela lambança em que Ricardo é chamado ao pódio para entregar a taça, num plano superior aos dos jogadores (para ser bem visto) e estes de costas para o público. Parecia uma coisa tipo: gente, o mais importante aqui é o governador…

O tiro saiu pela culatra: a polêmica já dura dois dias e é evidente como as pessoas rechaçaram a atitude de Nelson Lira e companhia. Aa “sacanagem que fizeram com Luciano Cartaxo” está na boca de todos. Ficou feio demais para quem montou a suposta armação a fim de supostamente beneficiar o governador Ricardo Coutinho.

Como botafoguense, sinto-me profundamente envergonhado de assistir a um espetáculo deprimente protagonizada por Nelson Lira que, a troco não se sabe do que, emporcalhou a nossa festa!

Eca!!!!

PS: Deixamos de dar o crédito ao autor da foto porque não havia o nome do mesmo na internete, de onde a imagem foi copiada.

Compartilhe:

  • Stumble upon
  • twitter